Turistando: Campo Alegre/SC (parte II)

Antes de tudo, quero agradecer aos comentários na primeira parte do post e os compartilhamentos no Facebook, inclusive de moradores de Campo Alegre! Obrigada pelo apoio e feedback, isso é muito importante para eu continuar com o blog. 

Outro ponto é que alguns leitores notaram a mudança de layout aqui do blog e já deixaram suas impressões nos comentários. Fico feliz que tenham gostado! O layout é da Camilla K designs, ela faz um layout mais lindo que o outro!

Vamos ao que interessa! Nesta segunda parte do post sobre Campo Alegre/SC, trago para vocês dicas de hotéis e as festas que acontecem anualmente na cidade.

Hospedagem


Eu não sou lá muito expert nas opções de hospedagem em Campo Alegre, pois quando eu e o namorido íamos para lá já tínhamos a casa de um familiar dele para ficar. Então minhas dicas não vão ser baseadas em minha opinião pessoal, ou seja, vão ser lugares que pesquisei e ouvi falar a respeito.

Pode-se dizer que há dois tipos de hotéis em Campo Alegre: os mais convencionais localizados na rodovia e os na área rural, tipicamente campestres.

Dentre os hotéis convencionais se destacam o Hotel Campo Alegre e o Hotel Egon:


Créditos: Dino Pimentel e Portal Férias

1. Hotel Campo Alegre: tem construção em estilo alpino, com área verde para lazer e pomares de frutas. Ouvi falar de algumas pessoas que o café colonial servido é uma delícia, com muitas opções de geleias e produtos feitos na região;

2. Hotel Egon: também é bastante conhecido na cidade e ainda conta com um restaurante ao lado, com churrascaria.

Campo Alegre ainda possui muitas opções de hotéis na área rural, um lugar mais aconchegante que o outro!

3. Campos do Quiriri: é parte de uma Área de Proteção Ambiental a qual abrange os municípios de Campo Alegre, Garuva e Joinville. Há uma casa mobiliada disponível para aluguel por dia, com sanitários e chuveiros. O Quiriri é composto por um conjunto de montanhas com cerca de 30 cumes cuja altura varia entre 1.300 a 1.580 metros. Do alto delas, nos dias de tempo bom, é possível avistar o mar e algumas cidades do norte do estado de Santa Catarina, como Joinville e as montanhas da Serra Dona Francisca, Garuva, Itapoá, São Francisco do Sul (a cidade que eu moro!) e a Baía da Babitonga. O acesso ao topo das montanhas fica a 56 km do Centro da cidade, por estrada não pavimentada. O acesso só pode ser feito sob reserva com antecedência, pois as montanhas pertencem a propriedades particulares. 
4. Campo dos Sonhos: é um local bastante familiar e remete a aconchego; 

5. Hotel Recanto Paraíso da Serra: localizado em meio à natureza com muito verde, pássaros, animais, trilhas e tanques de peixe, ideal para descanso; 

6. Pousada Casa Antiga: recanto destinado aos amantes da natureza e da vida simples do campo. Oferece hospedagem em uma centenária casa colonial e refeições com pratos típicos coloniais da região. Ainda é possível experimentar o dia-a-dia de uma típica casa de campo: na agricultura, na ordenha e no manuseio dos animais. Comercializa geleias, queijos, pães e artesanatos feitos por agricultoras da região.

Créditos: Hotel Refúgio Monte Olimpo

7. Recanto Félix (infelizmente não encontrei fotos): tem lagoas e uma extensa área verde, contando com um pesque-pague, lanchonete e churrasqueiras;

8. Hotel Refúgio Monte Olimpo: além de hospedar, está apto a realizar eventos íntimos e exclusivos, como por exemplo casamentos ao ar livre (um dos meus sonhos! ), bodas e confraternizações de empresas.

Créditos: Samille Kestering (duas primeiras) e Sítio Ponte de Pedra 

9. Sítio do Alemão: tem infraestrutura completa para eventos e grupos para retiros espirituais, com parquinho para crianças, animais de criação, lago, mirante e quartos;

10. Sítio Ponte da Pedra: conserva em suas dependências a arquitetura e os móveis de várias gerações. É proporcionada a experiência de cavalgar ou andar de carroça nos campos do sítio e tomar banho de rio/cachoeira. São vendidos produtos coloniais e artesanais de agricultores locais. Aos domingos serve costela de fogo de chão, sob reserva antecipada.

Principais Festas


Créditos: Dohma Comunicação
A cidade de Campo Alegre é considerada a Capital Catarinense da Ovelha e se prepara no mês de março para a Festa Estadual da Ovelha. Ocorre anualmente no Calçadão da Cascatinha juntamente ao evento de aniversário de emancipação do município. Em comemoração aos 119 anos do município, este ano ocorreu a 18ª edição da Festa, de 18 a 20 de março, contando com gastronomia típica, sempre presente a deliciosa carne de ovelha, shows nacionais, exposições de produtos típicos e ovelhas, entre outras opções de lazer para toda a família!

Créditos: Cultura, Turismo, Esporte Campo Alegre
Artesanato local, cordeiro de chão, doces e exposição de ovelhas

O Festival de Inverno é semelhante à Festa Estadual da Ovelha e traz atrações culturais para todas as idades durante uma semana, no mês de julho. O evento tem música, dança, teatro, feira do livro, shows, oficinas de arte, artesanato e gastronomia.

Já fui nas festas e posso dizer que são bem típicas e os períodos em a cidade fica mais movimentada. Além da carne de ovelha feita na hora, há muitas barraquinhas com lanches: desde tapioca e pastel até hambúrguer de cordeiro. O artesanato e os produtos coloniais são sempre expostos nos eventos.


Vocês costumam ir em alguma festa típica da região ou da cidade em que moram? Me contem tudo! 

7 comentários:

  1. Eu percebi mesmo que o layout está diferente, mas continua lindo :)
    Se eu fosse visitar Campo Alegre acho que eu preferiria ficar em hotéis na área rural, parecem ser super confortáveis e calmos.
    Esta primeira foto da festa da ovelha são ovelhinhas de pelúcia?! Que lindinhas *-* Parecem ser festas super divertidas. Aqui na cidade de Curitiba eu sempre participo de eventos, festas e festivais. Gostei de conhecer um pouco mais sobre Campo Alegre :)
    Beijo,www.apenasleiteepimenta.com.br

    ResponderExcluir
  2. Lindo demais, tenha muita vontade de visitar lugares assim, gosto muito do campo e com certeza se eu fosse para Campo Alegre ficaria nos hotéis na área rural.
    Beijos!

    www.morenadementira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Que blog lindo!
    E esse lugar? Estou apaixonada, adoro lugares com paisagens, o post ficou super completo! Otimo
    Beijos
    http://www.depoisdevoar.com/

    ResponderExcluir
  4. Que lugar lindo. Dá até vontade de ir pra lá agora. Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Fernanda! Fico super feliz que gostou do lay. Ele combinou muito com o nome do seu blog.

    Adorei a postagem, amo campo e com certeza ia me hospedar onde tivesse mais mato possível e muita comida colonial rs. Aqui na minha cidade tem a Fenadoce, moro em Pelotas e a cidade é famosa pelos seus doces. Vale a pena conhecer e experimentar, a feira ocorre em Maio e é bem legal.

    Sucesso com o blog! ;* Blog Tanamoda / Meu espaço Natura

    / Layouts para

    Blogger

    ResponderExcluir
  6. Fer, você é ótima com textos sobre turismo.
    Já tentou alguma revista sobre o assunto para você ajudar como colaboradora?
    Adoro as suas dicas!

    www.blogdahida.com

    ResponderExcluir
  7. Adorei, fiquei com muita vontade de conhecer *_*
    Amei seu blog!
    Blog Lazy Days✿

    ResponderExcluir